Rul
Notícia publicada em 15/01/2024 às 22:50 | Notícias
Maior cheia da história do Rio Madeira em Rondônia completa 10 anos em 2024

 

 

 

A histórica cheia do Rio Madeira em Rondônia completa 10 anos em 2024! A BR-364, entre Porto Velho e Rio Branco, inundada pela grande cheia deixou o Acre isolado, criando colapso de abastecimento. Em Porto Velho milhares de famílias ficaram desabrigadas. 

 

A água do rio Madeira subiu gradativamente em 2014 até bater uma sequência de recordes e alcançar a marca histórica de 19,74 metros. O evento é reconhecido como extremo centenário, já que foi a maior cheia do rio ocorrida nos séculos 20 e 21.

 

A cheia histórica deixou casas, pontos turísticos, plantações e até cemitério cobertos pela água.

 

Mais de 30 mil famílias foram afetadas em 17 bairros, três distritos e em todas as comunidades ribeirinhas de Porto Velho. Moradores viram suas casas e estabelecimentos comerciais destruídos. Plantações que garantiam o sustento das famílias ficaram debaixo d'água.

 

“Eu nasci e me criei aqui [na zona ribeirinha]. Passei duas enchentes grandes: a de 1997 e a de 2014. Em 2014 foi quando eu mais chorei, todo dia eu chorava. Perdi a minha casa, perdi tudo. Nossas plantações centenárias que meu avô plantou, perdemos tudo. Em 2014 foi a pior [cheia] de todas”, relembra Severino Nobre, morador e líder comunitário da comunidade de Cujubim Grande, no Médio Madeira.

 

RO Rio Madeira Ave pousa sobre telhado de casa alagada em Brasileira, no Baixo Madeira, em Porto Velho — Foto: Ivanete Damasceno/G1

 

Bens históricos da capital também foram inundados pela água do Madeira: o Complexo Turístico da Estrada de Ferro Madeira Mamoré, obra centenária e patrimônio histórico nacional, ficou praticamente embaixo da água.
 

Além disso, o fornecimento de água potável de quatro distritos foi interrompido e a energia elétrica foi desligada em vários pontos da cidade, segundo a Defesa Civil.
 

A região portuária foi comprometida, dificultando a distribuição de bens, combustíveis e alimentos para Rondônia e outros estados.

Cheia histórica do Rio Madeira atinge Porto Velho — Foto: Decom/divulgação

 

O tráfego na BR-364, que interliga Rondônia a Amazonas foi interrompido e a cidade do Acre ficou isolada do restante do país.
 

De acordo com um levantamento feito pelo Serviço Geológico do Brasil, nos meses que antecederam à cheia foram registradas chuvas acima da média histórica.

Homem nada ao lado de carretas na BR-364, inundada pelo Rio Madeira, em 2014 — Foto: Sérgio Vale/Secom Acre/Arquivo

 

*Reportagem do g1 RO

Patrocinadores do Portal Rul

Publicidade
RUL

CONTATO
E-mail: [email protected]
Fone Redação: (69) 3423-7618
Comercial: (69) 9288-9018 • 9945-5358

 

Netmidia