Rul
Notícia publicada em 08/08/2020 às 10:13 | Cotidiano
Profissionais apresentam propostas para retorno de eventos em Ji-Paraná

 

 

*Por Jairo Ardull

 

Salões de festas com redução de 40% de convidados, espaçamento entre mesas com dois metros, higienização dos ambientes antes e depois dos eventos, disponibilização de álcool 70%, uso de máscaras pelas equipes de trabalho e refeições servidas em mesas com pratos e talheres descartáveis.

 

Estas foram algumas das propostas apresentadas por empresários do segmento de festas e eventos durante reunião com representantes da Vigilância Sanitária e Comitê Municipal de Enfrentamento e Prevenção à Covid-19. O encontro foi organizado pelo vereador Edivaldo Gomes (PSB) e ocorreu no plenário da Câmara Municipal de Ji-Paraná (CMJP).

 

No documento, a classe argumenta que desde a “Fase 2” do plano de combate à pandemia lanchonetes e restaurantes têm a permissão de funcionamento, cumprindo as exigências das autoridades em saúde. O município de Ji-Paraná foi reclassificado para a “Fase 3” no fim de julho.

 

“Estamos parados desde o mês de março, quando o houve o decreto determinando que tudo fosse fechado. São cinco meses sem poder realizar nenhum serviço. A gente sabe que a prioridade é a vida, mas como todos os ramos estão se adaptando, também há a possibilidade de nós nos adaptarmos”, garantiu a empresária Eliane Gonçalves de Souza, promotora de festas.  

 

Para promoter Valdecir Tergon, mesmo com a pandemia, alguns eventos podem ser liberados, se os organizadores se comprometerem com medidas de proteção ao público. “Esse é o objetivo da reunião, hoje, solicitar dentro das possibilidades e protocolos a volta aos eventos”, assinalou.

 

“Eu acredito que dá para ajustar essas atividades [festas e eventos], com regras tudo é possível. Ainda não temos uma data específica para que tudo termine, então, essa classe precisa trabalhar.”, avaliou a diretora da Vigilância Sanitária de Ji-Paraná, Ana Maria dos Santos. Ela afirmou que as propostas serão levadas aos membros do Comitê Municipal de Enfrentamento e Prevenção à Covid.

 

O articulador da reunião, vereador Edivaldo Gomes, afirmou que entende que o comitê vai acatar as propostas da classe de retorno às atividades. “Nós esperamos que seja dessa forma. O comitê vai fazer uma segunda análise. Uma primeira foi feita, mas não tinha os critérios. Estamos bastante confiantes que será feita justiça com esse segmento”, previu.

 

Também participaram da reunião os vereadores Marcelo Lemos (PSB), Cláudia de Jesus (PT) e Ida Fernandes (DEM).  

Publicidade

Publicidade
RUL

CONTATO
E-mail: [email protected]
Fone Redação: (69) 3423-7618
Comercial: (69) 9288-9018 • 9945-5358

 

Netmidia